Visto D2 para Nômades Digitais: liberdade para trabalhar onde você quiser

Atualizado: 7 de abr.



Antes de tudo, é necessário entendermos o que é um nômade Digital.

O termo nômade digital é o nome dado a profissionais que trabalham online, ou seja, trabalham de forma remota, podendo prestar o seu serviço de qualquer lugar do mundo, como consultores, programadores ou redatores.

Se você se enquadra neste perfil de profissional, o Visto D2 para Nômades Digitais é perfeito para você. Com ele, os nômades digitais têm acesso a diversos benefícios, além de poderem viver em um dos países mais seguros e tranquilos do mundo!

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo este artigo!

Antes de falar sobre o processo do Visto D2 para Nômades Digitais, gostaria de me apresentar.

Meu nome é Wellington Luz, sou advogado e resido em Portugal há 3 anos. Assim como muitos brasileiros, eu tive o sonho de morar na Europa, e assim como parte desse povo, eu consegui.


Junto com a minha vinda para esse país europeu, nasceu a Realize Vistos. Uma empresa que já auxiliou e acompanhou mais de 300 brasileiros em todo o processo de entrada e permanência em Portugal.

Ou seja, além de vir para outro país, eu também iniciei um novo negócio.


Mas antes de falarmos mais deste assunto, quero te convidar a pensar junto comigo.


Qual é a primeira coisa que faz um brasileiro escolher Portugal como o melhor país para morar? Se você respondeu “idioma”, acertou.


Por mais que as pessoas dominem o inglês e esse seja um idioma falado em muitos lugares do mundo, ir para um país onde se fala o idioma que você conhece desde o seu nascimento é sempre um ótimo benefício.


O segundo fator que faz com que muitas pessoas escolham Portugal como seu novo lar, é o fato de que devido o Brasil ser uma ex-colônia desse país, muitos brasileiros possuem descendência portuguesa, o que também facilita o processo de imigração.


O terceiro maior motivo, é que aqui vivem muitos brasileiros. E para muitas pessoas, ter o acolhimento do seu próprio povo em um país estrangeiro, é um fator importante, que ajuda no processo de adaptação.


Idioma, descendência e acolhimento. É a partir desses três fatores, que iremos iniciar a nossa conversa.


O que você pensa como possíveis oportunidades para esse país?


Se passou pela sua cabeça “TRABALHO”, acertou. Assim como você, muitos brasileiros vêm para Portugal em busca de melhoria de vida, esse também foi o meu caso.


Portugal é um dos países europeus que possui bem menos burocracias para imigrar do que os demais, além de oferecer muito mais benefícios, como a possibilidade de trabalhar legalmente, o que muitas vezes é negado a imigrantes na maioria dos países. E mais, você ainda pode trazer toda a sua família!


O problema é que não adianta falar o idioma do país, se você não faz ideia de quais são as leis imigratórias. Também não adianta ter um descendente portugues, se você não sabe como atribuir nacionalidade. E não adianta conhecer brasileiros que vivem em Portugal, se você não tem noção de como conseguir um visto no país.


E por não terem as informações corretas e não saberem todos os benefícios que um imigrante legal possui em Portugal, muitos brasileiros acabam passando por diversas dificuldades, vivendo com medo e escondidos, porque NÃO foram devidamente informados e orientados.


“Mas Dr. Wellington, tem tanta gente no YouTube falando que é muito fácil viver em Portugal.” É, eu sei… mas para que o processo de imigração seja realmente simplificado, é preciso ter um planejamento migratório completo e eficaz. E é por isso que eu gosto de mostrar o que os YouTubers NÃO MOSTRAM.


Você sabia que com um planejamento migratório realizado com um advogado especializado em processo migratório é possível economizar até 10 mil euros? Isso o Youtube não conta!


Mas vamos voltar ao assunto!


Como adquirir o visto D2 para nômades digitais?


O Visto D2 é destinado a empreendedores e pessoas interessadas em exercer sua atividade profissional independente (autônoma) em Portugal.


Entre esses profissionais podemos listar os advogados – que é o meu caso –, engenheiros, professores de idiomas, contadores, médicos, dentistas, corretores de imóveis e como a lei também não deixa claro sobre a obrigatoriedade de que o contrato de prestação de serviço seja assinado com um contratante português — pessoa física ou jurídica —, abre também a possibilidade deste visto ser aplicável aos nômades digitais.


Em Portugal é considerado profissional liberal qualquer pessoa que possua o documento NIF (equivalente ao CPF do Brasil), que esteja legal no país e que deseje ser um trabalhador independente. Desde produtores, prestadores de serviços, vendedores e outras inúmeras atividades que são permitidas.


Você se enquadra nesse visto e quer morar em Portugal? Clique Aqui e Converse Com a Nossa Equipe


Quais são os benefícios do Visto D2?


Existem muitos benefícios em morar em Portugal com o visto D2.

Além de ter independência trabalhando por conta própria, sem vínculo empregatício; você também poderá viver em um dos países mais seguros do mundo, além de ter o direito de trazer seus familiares para viverem com você.


O que é necessário apresentar para conseguir o visto D2?


Para iniciar as atividades legalmente aqui em Portugal, é necessário se dirigir a Finanças ou acessar o site da Autoridade Tributária Aduaneira e apresentar todos os documentos necessários, informando o tipo de atividade e a expectativa de faturamento anual.


Além disso, para que um profissional liberal seja aceito pelas autoridades e possa solicitar o visto D2 é necessário alguns fatores como:


  • Possuir promessa ou contrato de prestação de serviços (como se fosse um contrato de serviço);

  • Estar habilitado a exercer a atividade profissional pretendida.


A apresentação dos seus diplomas, certificados ou qualquer outra comprovação de capacidades profissionais facilitam a obtenção do visto. Entretanto, é necessário observar quais são os requisitos para validação de diploma no país em cada profissão com formação superior.



Como solicitar o visto D2?


O visto deve ser solicitado ainda no Brasil. Esse tipo de visto permite a entrada no país, mas não permite a residência.


Da solicitação até a obtenção do documento do visto leva em média 90 dias. Após ser acrescentado ao passaporte, o visto tem duração de 4 meses.


Durante esse tempo, você deverá chegar a Portugal e dar entrada na documentação de Autorização de Residência diretamente no SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras).


Essa autorização tem validade de 2 anos, e pode ser renovada por mais 3 anos. E após 5 anos você já poderá solicitar a Residência permanente, ou solicitar a nacionalidade portuguesa por aquisição (naturalização)! Não é incrível?


Deseja saber como realizar todo o processo de entrada e permanência em Portugal de forma segura?


Clique Aqui e Converse Com a Nossa Equipe


O que é necessário comprovar para conseguir o visto D2?


Além das qualificações profissionais já citadas, é necessário a comprovação de rendimentos em reserva.


Um ponto importante a ser destacado, é que para todo imigrante, Portugal exige um valor mínimo de reserva financeira equivalente à subsistência no país no período de 1 ano.


Os valores requeridos são:


  • 01 salário-mínimo português para o titular do visto;

  • Meio salário-mínimo português para os demais adultos;

  • 30% do salário-mínimo português para menores de 18 anos ou familiares com incapacidade.


Em 2021 o salário mínimo português corresponde a 665€ e a cotação do euro está a R$6,25. Sendo assim, para o titular do visto é necessário comprovar 7.980€, equivalente a R$49.875.


Para um segundo adulto o valor seria de 3.990€, equivalente a R$24.937,50. E para uma criança, o valor seria de 2.394€, equivalente a R$14.962,50.


A comprovação é feita através de cópia da última declaração de imposto de renda completa, extratos bancários ou contracheques.


Além disso, você precisará de:


Comprovação de alojamento em Portugal: carta convite de alguém que já resida no país, contrato de aluguel ou escritura de compra de imóvel.


Seguro Médico Internacional ou PB4: documento solicitado via internet que possibilita o atendimento ao sistema público de saúde.


Sem antecedentes criminais no Brasil ou Portugal.


Passaporte com validade mínima de 3 meses.


Documentos pessoais e 2 fotos 3x4.


E o visto D2.


Cada pessoa tem um motivo que a faz querer mudar de país. Nós da Realize Vistos acreditamos que não há uma fórmula para todos os casos. Por essa razão, priorizamos o atendimento personalizado dos nossos clientes.


Auxiliamos desde a obtenção dos documentos até a abertura de conta bancária no país, aluguel ou compra de imóvel, abertura de empresa...e até a recepção no aeroporto de Portugal!


Conheça alguns clientes que estão muito felizes com os nossos serviços e desfrutando de todos os benefícios de viver na Europa:






Deseja se mudar para Portugal e ter todos os direitos para exercer sua profissão, além de usufruir de todas as maravilhas que esse país oferece juntamente com a sua família?


Clique Aqui e Converse Com a Nossa Equipe

 
portugal-flag.jpg

ENTRE EM CONTATO CONOSCO PARA TIRAR SEU VISTO

arrow&v
arrow&v
arrow&v
arrow&v

Nossa equipe terá o maior prazer em te responder.

 

VAMOS CONVERSAR NO WHATSAPP?

Preencha esses campos abaixo e entre em contato agora mesmo com a nossa equipe

arrow&v

Contato:

Registros:

OAB: 409481 |       OA:  60800P

       Rua Doutor Justino Cruz, 90, 7° Andar, Código Postal 4700-314 - Braga

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram